terça-feira, 11 de julho de 2017

CHAMADA DE ARTIGOS: LINGUAGEM E MEIOS DIGITAIS


A revista Littera, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) (ISSN 2177-8868) seleciona trabalhos para seus próximos dois números. O primeiro, dedicado aos Estudos Literários, publicará trabalhos que versem sobre temas relacionados às tradições literárias. A segunda chamada busca artigos sobre “Linguagem e meios digitais”. O prazo máximo para o envio de trabalhos é o 27 de setembro de 2017. Os textos encaminhados para a revista devem ser escritos em língua portuguesa, inglesa, francesa ou espanhola.
A revista Littera aceita trabalhos acadêmicos na área de Letras em geral (Literatura Brasileira ou Estrangeira, Língua Portuguesa, Linguística etc.) de autoria de professores/pesquisadores (mestres ou doutores) e discentes de programas de pós-graduação.
V. 8, n. 13 (2017) - Seção temática: “tradições literárias” e seção livre (artigos, resenhas e entrevistas na área dos Estudos Literários)
Organizadores: Prof. Dr.ª Cristiane Navarre Tolomei e Prof. Dr. Rafael Campos Quevedo
O próximo número da Littera online dedicado aos Estudos Literários abrirá uma seção temática destinada a trabalhos que versem sobre temas relacionados a tradições literárias, especialmente (mas não exclusivamente) no que tange às suas confluências em obras contemporâneas. Por tradições entendemos não apenas as produções e/ou períodos cujos legados são constantemente reatualizados em diversos quadrantes temporais, tais como as tópicas clássicas de extração horaciana em poetas como Paulo Henriques Britto, Nelson Ascher e Antonio Cícero ou as recriações da poesia fescenina tradicionalem Glauco Mattoso como, também, os repertórios da “tradição moderna”, ou “tradição da ruptura”, na acepção do poeta e crítico mexicano Octavio Paz: “Podemos falar de tradição moderna sem que isso pareça uma contradição, porque a era moderna limou, até desvanecê-lo quase por completo, o antagonismo entre o antigo e o atual, o novo e o tradicional.” (PAZ, 2013, p.19). Em suma: acolheremos trabalhos de análise literária (em qualquer gênero) que discutam relações de apropriação ou ruptura de obras (especialmente) atuais com determinado passado literário. Também serão bem-vindas reflexões de cunho teórico sobre o conceito de tradição literária ou noções a ele relacionadas. O horizonte de discussão pensado para este número pode ser delineado, portanto, a partir do comentário de T.S. Elliot em seu famoso ensaio “Tradição e talento individual”: “A tradição implica um significado muito mais amplo. [...] Ela envolve, em primeiro lugar, o sentido histórico [...]; e o sentido histórico implica a percepção, não apenas da caducidade do passado, mas de sua presença; o sentido histórico leva um homem a escrever não somente com a própria geração a que pertence em seus ossos, mas com um sentimento de que toda literatura europeia desde Homero e, nela incluída, toda a literatura de seu próprio país têm uma existência simultânea e constituem uma ordem simultânea” (ELLIOT, 1989, p. 38-39)
 
v. 8, n. 14 (2017) - Seção temática: “Linguagem e meios digitais” e seção livre (artigos, resenhas e entrevistas na área dos Estudos de Linguagem)
Organizadores: Prof. Dr.ª Ilza do Socorro Galvão Cutrim e Prof. Dr.ª Mônica da Silva Cruz
Esta seção temática busca reflexões sobre os modos de encontro entre a linguagem que articulamos e seus efeitos em meios digitais. Trata-se de pensar de que forma essa integração produz efeitos sobre acontecimentos sociais, tornando a sociedade mais móvel e os sujeitos mais conectados aos fluxos de conhecimento (Levy, 1999). Citemos, por exemplo, a inserção dos meios digitais na educação, nas redes de consumos, na produção de subjetividades e nas experiências espaço-temporais.
Mais informações na página da revista Littera online.