segunda-feira, 10 de outubro de 2016

POR QUE OS JOVENS NÃO SE ENVOLVEM COM A POLÍTICA?

[...]
Embora tenha crescido o número de jovens com 16 e 17 aptos a votar em relação ao pleito de 2014, o índice, se comparado a 2012, encolheu 17%. Em 2016, 78% dos adolescentes dessa faixa etária abdicaram do título de eleitor. Trata-se do segundo pior resultado em eleições municipais. Em 1990, na primeira disputa local depois da aprovação da Constituição que simbolizou a redemocratização, o índice de participação era o dobro do atual.
[...]
Não tem outro jeito: ou a política se reinventa, ou não vai sobrar rosto nenhum para contar essa história.



Autoria de Murilo Cleto é historiador e professor. É um dos autores e organizadores do livro Por que gritamos Golpe? (Editora Boitempo, 2016).