domingo, 25 de setembro de 2016

A LÓGICA DA CULPA ENFRAQUECE A SERIEDADE

Enquanto que os discursos sobre educação forem pensados a partir do capital encontraremos uma linha de produção que pouco ensina e pessoas gastando tempo em dar nomes a culpados.

SITUAÇÃO N. 1

SITUAÇÃO N. 2
Apesar de todo o blá-blá-bla sobre formar cidadãos conscientes, nossas escolas ajudam na formação de patifes. Porque são, elas mesmas, instituições profundamente antiéticas. Alunos colam em quase todas as provas e os professores fazem vista grossa. Também, pudera: a maioria dos mestres também é aética. Falta às aulas, chega atrasada, não cumpre com suas obrigações profissionais. O professor brasileiro não está em condições morais de cobrar comportamento virtuoso de seus pupilos. A própria incompetência de nossa escola conspira contra a honestidade: o livro de Almeida [A cabeça dos brasileiros] mostra que, quanto mais instruída a pessoa, mais séria ela tende a ser.  O que há de errado conosco?
Gustavo Ioschpe.  (Veja, 31/ago/2016, ano49, n°35, p.54-55)