quarta-feira, 17 de agosto de 2016

MUNDO ESQUIZO

Despertador toca, corpo responde com o coração acelerado pelo susto e medo de atrasar. O corpo ainda está cansado, não foi possível recuperar o suficiente, pois a noite não descansou o suficiente, acordou algumas vezes com o barulho e pensamentos insistentes.

Um banho. Tempo para um rápido café? Hoje não! Trânsito engarrafado. Buzinas de todos os lados, barulho. Pede a Deus para não atrasar. Acelera, se arrisca, quase multa.

Nem chega em sala, fila de pessoas com problemas. Reclamações. Decisões urgentes. Chamar atenção de outro corpo que talvez apenas estivesse com medo de não atrasar.

Dia Ruim? Rotina!

Oito e meia da manhã e o corpo só espera para o dia acabar. Chegar em casa e descansar, porque amanhã tudo se repete.

Qual a química o corpo produz com esta descarga de medo, urgência, angústia. A necessidade de respirar fundo impera, tentativa descomunal de se manter são.

Capitalismo? Não! Esquizofrenia!

Texto recebido por e-mail