domingo, 7 de agosto de 2016

BRASIL DÁ SHOW E GARANTE CLASSIFICAÇÃO


Balanço da segunda rodada olímpica feminina

Dois jogos, duas goleadas. No primeiro jogo, Marta foi discreta, neste ela comandou o espetáculo. Olhar ao placar, por si só, não dá ideia de como foi a partida. O Brasil dominou as jogadas, mas a seleção da Suécia ofereceu resistência. No final do segundo tempo, então, que as adversárias soltaram a mão da força e deixaram-se dominar pelo futebol envolvente das donas da casa. Classificação para as quartas-de-finais já está garantidas. Porém, algumas reservas. O Brasil, tem a melhor campanha da competição, fato. Das 12 seleções, além da nossa, Estados Unidos e Canadá somente possuem 6 pontos, o que constitui, agora, um diferencial. Porém, não há força máxima nos selecionados e o Japão está ausente, o que diminui a qualidade técnica dos jogos mas em nada tira o mérito das meninas amarelinhas. Outra coisa que me incomoda profundamente é ver que apenas nesta época o futebol feminino destaca-se na mídia esportiva. E não adianta apenas culpar a federação. Temos campeonato nacional e continental e os noticiários não se dignam, nem mesmo, ao mostrar placares e gols. Se o mérito para receber os jogos fosse o cuidado olímpico nunca teríamos jogos por aqui.

A CBF, entretanto, não pode ficar alheia às críticas. Que situação é esta de ter jogos do brasileirão durante as Olimpíadas?

SITUAÇÃO DO GRUPO E
Brasil 5x1 Suécia
África do Sul 0x2 China

Brasil 6 | China 3 | Suécia 3 | África do Sul 0

Próxima rodada na terça-feira, 9 com Brasil x África do Sul e China x Suécia pelo segundo lugar da chave.