sábado, 2 de julho de 2016

O.J.: MADE IR AMERICANA


Texto: Ribamar Xavier (Esporte e Mídia)

Na próxima segunda-feira (4), às 21h00 (de Brasília), a ESPN estreia no Brasil a série documental 'O.J: Made in America'. Produzida pela ESPN Films, a série de cinco episódios retrata a polêmica trajetória do ex-jogador da NFL O.J Simpson, acusado de matar sua ex-mulher e um amigo em 1994 em um caso de ampla repercussão na imprensa norte-americana. O seriado esteve presente no Festival de Sundance e também no Tribeca Film Festival, além de ser cogitado pela crítica como um dos indicados ao Oscar em 2017. Além de ter sido uma estrela da NFL, O.J também ganhou fama por sua atuação no cinema, sendo reconhecido especialmente pela trilogia ‘Corra Que a Polícia Vem Aí’. O ex-jogador também teve destaque por ter se tornado um dos primeiros negros nos Estados Unidos a protagonizar campanhas publicitárias para o público de massa, produzidas até então predominantemente por atores brancos.

Após extenso julgamento que recebeu ampla cobertura da mídia, O.J foi absolvido da acusação de assassinato. Em 2007, no entanto, o ex-jogador voltou a enfrentar problemas com a justiça sendo acusado por crimes como assalto à mão armada, sequestro e formação de quadrilha. Condenado a 33 anos no novo julgamento, O.J cumpre sentença atualmente em Las Vegas.  Referência em esportes americanos e detentora dos direitos de transmissão da NFL na TV por assinatura no Brasil, a ESPN traz ao mercado brasileiro a série que provocou grande repercussão após seu lançamento no início de junho nos Estados Unidos. “Buscamos oferecer todo tipo de conteúdo que tenha relevância aos fãs de esportes. A ideia é que não somente os fãs de futebol americano possam acompanhar o que ocorreu neste caso polêmico, mas também todos aqueles que gostam de filmes, seriados e grandes histórias”, ressalta German Hartenstein, Diretor Geral da ESPN no Brasil.

Janela de exibição:
Segunda-feira, 04, 21h00, ESPN, com reprise do episódio, às 1h00 no canal ESPN+.