sábado, 11 de junho de 2016

CAVALO REALMENTE PARAGUAIO

Que jogo enfadonho. São erros de fundamentos. A seleção paraguaia não acertou nenhum cruzamento ao longo do primeiro tempo. Os americanos fizeram um lindo gol, em cruzamento, mas o único acertado. Que dificuldade de jogar a partir de lances previamente combinados. O segundo tempo teve uma maior pegada. A expulsão de um americano fez os paraguaios acreditarem na possibilidade de vitória, o que deixou o campo aberto para o contra-ataque. Quem não aguentou o “tranco” foi um juiz que sentiu uma lesão muscular e foi substituído, momento mais emocionante do segundo tempo. Um a mais e falta de pontaria, dois fatores que não contribuíram aos paraguaios que foram eliminados. Se a lógica se confirmar, Brasil x Estados Unidos poderá ser uma quarta-de-final.