domingo, 8 de maio de 2016

CRIMINAL MINDS: BEYOND BORDERS

O chefe de unidade, Jack Garrett [Gary Sinase], e seu time de respostas internacional, a IRT, são uma divisão especializada do FBI para resolver crimes e resgatar americanos que estão em perigo fora do pais. A nova franquia de Criminal Minds estrou na janela brasileira na última semana. Não vou fazer uma crítica ao primeiro episódio da primeira temporada, mas depois de acompanhar o episódio de estreia fiquei me questionando ao ponto de encontrar motivos para acompanha-la. Ela apresenta o mais do mesmo, super policiais éticos saem pelo mundo em busca da justiça ao modo americano de “Deus salve a América”. As leis locais parecem minimizadas e a cultura visitada submetida aos tipos psicopatológicos. Enlatado. Mesmo assim, vejo Cris (Todo Mundo Odeia o Cris) a interpretar um especialista digital remoto. Mas o personagem de Cris está tão na pele que não consigo ver um agente do FBI, parece cômico, o mesmo jeito adolescente desengonçado de ser e suas roupas típicas. Reduzi a série a um persona secundário, mas vá lá, pela bizarrice vou acompanhar a primeira temporada.

Episódios inéditos, quartas-feiras, 22h00, AXN.