terça-feira, 8 de março de 2016

CERVEJA COM LARANJA


Você já bebeu “Laranjinha”? Lembro-me da infância, das vezes que pude ganhar uma Laranjinha de presente. Era sempre uma ocasião especial, beber uma garrafinha não era cotidiano. Precisa de um bom motivo para ganhar. Lembro ainda, de um natal, quando meu pai comprou uma “caixa”. A cada domingo recebia uma garrafinha. Lembranças doces de uma infância distante. Em momentos onde erros de interpretação do presente buscam consolo na memória e nas marcas que o corpo carrega, são significantes.

Na última semana de janeiro, passeando pelo Giassi, fui apresentado a uma garrafa, que em muito lembrava-me a Laranjinha. Uma cerveja com laranja. Azeda e doce ao mesmo tempo. Espuma leve que lembrava o gás. Não muito encorpada. Garrafa pequena. Cor alaranjada fraca. Trigo e leve. Saborosa. Porém, um rótulo espalhafatoso.