quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

CRÍTICA AO SERIADO CHICAGO MED


A mais nova franquia com base na cidade de Chicago, transmitida pela Universal Channel é a serie médica-dramática Chicago Med. Criação do núcleo de Dick Wolf e Matt Olmstead como uma subsidiária de Chicago Fire. A primeira temporada contará com dezoito episódios. Particularmente, após o segundo episódio, não gostei da série. Achei o tema pesado demais. Esperava, pelo alarde criado, que ele tivesse uma pegada mais humana como as ações em Chicago Fire e diálogos mais intensos como Chicago PD. A transversalidade entre as séries irmãs quase não acontece. Além da forma pesada como ela é conduzida a quantidade de informações nos primeiros episódios é muito grande. Tem bom roteiro, sequência e fotografia. Apesar de não ter gostado dela, a qualidade da produção impressiona, quando a comparamos com outras do mesmo gênero e do mesmo núcleo.