quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

CERVEJA A BRASILEIRINHA

Natal é sempre um momento de reflexão, revisão dos propósitos, vivência intensa da espiritualidade cristã e também receber presentes. Neste Natal, como em outros, recebi de meu afilhado Maicon um exemplar para degustação, uma garrafa de 600 ml. O presente do Natal-15 foi A Brasileirinha, da Opa Bier, aqui de Joinville.

Rótulo em amarelo metálico, mais colorido que a cabeça de Carmem Miranda. A inspiração para o rótulo caracteriza inúmeros elementos nacionais, porém, o metalizado faz a tinta soltar. Para uma ideia Premium a embalagem poderia ser melhor. Nesta brincadeira do desrotular, perdi algumas informações que poderiam ser bacanas. Indica para ser gelada entre 0° e 3°C e assim o fiz. Uma pilsen com outras da cervejaria catarinense, nada demais. Apenas a cor um pouco mais forte que as outras da mesma linha, mas não surpreende. Graduação 4,6% vol., uma cerveja fraca, mas gostasa para os dias de forte calor.