sábado, 19 de dezembro de 2015

ELETRICIDADE NA BEIRA DA PRAIA: PUNTA DEL'ESTE

eP do Uruguai:
Buemi (SUI) Renault | Di Grassi (BRA) Audi | D’Ambrosio (BEL) Dragon

Hoje à tarde aconteceu a terceira etapa da F-SuperChoque, também conhecida como F-E. No grid uma mudança, o inglês Rowland, na Mahindra assumiu o posto de Heidfeld. O multicampeão Villeneuve ainda não mostrou por qual motivo está na categoria, desta vez, nem largou. O carro de San Bird simplesmente apagou no meio da corrida, pareceu as constantes faltas de energia daqui de Santa Catarina. Apagou geral! Nelsinho está tirando leite de pedras. O carro da China Racing é muito fraco a ponto de Nelsinho segurar no braço, mas forçou demais e na última volta encontrou o muro. Aí não há braço que resista.

A categoria, com a construção independente dos trens de força, está ficando com a  mesma chatice da F1. A Renault domina e a Audi vem como segunda força. Um distanciamento. Poucas ultrapassagens e uma monotonia só. O ponto mais divertido da etapa foi a troca de carro, tsc, tsc, tsc. A entrada da Jaguar para próxima temporada já é reconhecida. Vem para o lugar da falida Trulli.

Torço para que uma categoria inovadora e com esta proposta bacana não repita os erros da F-1 e seja mais competitiva, já em Buenos Aires.