sábado, 4 de julho de 2015

CHILE PELA PRIMEIRA VEZ

Melhor campanha e campeão e mesmo assim não me convenço com o argumento que é a melhor seleção da história do Chile. Não foi capaz de superar a defesa da argentina. A zaga mostrou-se sólida, porém ainda depende demais de Messi. O camisa 10 era o único focado na cobrança final, os demais carregando o cansaço de duas horas não tiveram competência na conversão, resultado, decepção e um segundo lugar. Chile e Rússia, por ora na Copa das Confederações-18. E uma certeza, a seleção da CBF terá duras penas para classificar-se para o mundial, a somar a incompetência da gestão e a ideia de chamar ex-treineiros para discutir a mesma mentalidade. E por agora, viva la Roja.