segunda-feira, 8 de junho de 2015

JOGO ABERTO: QUERO QUALIDADE


O telespectador não é idiota. Em fase de crescimento da televisão por assinatura e várias possibilidades de conteúdo multiplataforma, o debate esportivo na televisão aberta precisa reinventar-se. Adotar fórmulas circenses sem pão não faz mais sentido. O telespectador quer conteúdo além daquilo que é visível. Ele quer uma análise verdadeira desprendida da paixão e um editorial que possa fomentar sua conversa de botequim e não o próprio botequim na televisão.

Espaço do Filósofo: Esporte e Mídia