quarta-feira, 3 de junho de 2015

FIFAGATE E O CONGRESSO DE ALI BABÁ

No final de semana foi ao ar minha coluna sobre o escândalo da FIFA, ela fora escrita antes da renúncia não renunciada de Blatter. Hoje revoltei-me com a falta de postura política de Pelé, e com a silêncio dos dirigentes e presidentes das federações (para que servem mesmo?) estaduais. Por falar nela o primeiro na linha de sucessão do mafioso Del Nero é o Delfim Peixoto, daqui de Santa Catarina. No sábado li a entrevista dele ao Diarinho de Itajaí e a partir dela questiono-me como alguém que indicações machistas e homofóbica pode perpetuar-se no poder.