segunda-feira, 30 de março de 2015

O NOVO BOLA DA VEZ

Na terça-feira passada, 24, estreio o novo cenário do Bola da Vez, da ESPN. Ao acompanhar o programa lembrei-me do pensador Stuart Ball que ao sinalizar sobre os discursos afirma que “nenhum discurso pode ser compreendido fora das relações materiais que o constitui". Justamente sobre as relações matérias que se cruzam nas quatro linhas são/estão construídos os discursos que permeiam o futebol e muitas vezes estes discursos são ignorados, pois são poucos os programas na mídia brasileira que dão espaço para tais discursos. Leia coluna completa clicando aqui.

Na meia-noite de terça-feira para quarta-feira, o bola da vez é um antigo ídolo ou a personalidade esportiva da vez, o ex-presidente vascaíno, Roberto Dinamite.