segunda-feira, 18 de agosto de 2014

NEGRITUDE

Este obsedante coração que não
apressa minha língua meus costumes,
e sobre o qual se cravão como arpão
sentimentos d'empréstimo, costumes, 
d'Europa; quem a esta dor alcança,
este meu desespero sem igual
de domar com palavras só de França
eu coração que veio de Senegal.

(Rabearivelo)