quarta-feira, 24 de abril de 2013

PITACOS DA TERRA XIITA GOVERNADA POR UM SUNITA

Será que o título deveria ser o contrário, terras de sunita com xiitas? Historicamente o Barein existe? Até os anos de 1920 aquele pedaço de terra que recebera a F1 não constituía uma realidade politica ocidentalizada como a conhecemos. Com as perfurações dos poços de petróleo trouxeram uma noa realidade geopolítica. Tamanha é a ocidentalizada política que agora aquela península é marcada por vários estados e alguns deles fazem parte do circo da F1.

A corrida deste ano não representou as brigas políticas que foram sufocadas pela mídia esportiva.

Sempre gostei de automobilismo na televisão. Mas a F1 está cada vez mais chata!
Afinal, a F1 relega para segundo plano a história de quem a recebe. O que centraliza é o evento e ponto. Por falar em ponto, a categoria é expressão máxima da tecnologia que envolvem carros. A tecnologia é tão grande, tão distante da realidade citadina que uma asa móvel estragada é fechada a base de tapões. Confesso que gostaria de ver o mecânico com um martelo de borracha fechando-a, mas infelizmente minha ironia não fora realizada. Muito legal acompanhar pneus se desgastando e saber que o vencedor é aquele que consegue economizar pneus. A pole position que fora o mais rápido do qualificatório fez quatro paradas. É uma competição de velocidade, porém a velocidade não é da pista é na troca de pneus. Dever-se-ia criar um ranking de pontos para estimular a troca e levá-los ao pódio.