sexta-feira, 18 de março de 2011

Tsunami em Tripoli

Parece que não há espaço na mídia para dois assuntos. Será que nossa mídia é tão problemática assim? Na semana passada os problemas da Líbia ocupavam quase todo o espaço. De sexta-feira para cá há um tsunami de informações acerca do Japão e seus graves problemas. Mas na Líbia houve um cessar fogo? Não, pelo contrário, até jornalistas foram sequestrados e o problema parece estar longe do final. As notícias dão conta dos avanços das tropas fieis ao governo de Tripoli sobre os rebeldes. Sei disso porque a onda japonesa está perdendo força e a mídia ainda não encontro outra questão sensacionalista para dar conta de seu espaço. Há de chegar um dia que os telejornais se preocuparão de fato com as questões sociais e deixarão a notícia de lado para ela não ser apenas notícia, mas uma notícia sobre humanos.

Atualização em 18 de março de 2011.

Obama visita o Brasil. Ouvi de relança num telejornal qualquer que se espera que o presidente americano leve uma visão diferente daqui. Mas que visão ele tem? De que somos um povo terrorista? Somente esta ideia escachada é capaz de justificar tamanha aberração por segurança? Se nossos centros urbanos tivessem segurança (inteligente) na mesma proporção teríamos uma sociedade menos violenta. Por que para Obama?