quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

APARTAMENTOS DA VILA DO PAN ESTÃO ABANDONADOS

No jornal “Valor Econômico” de hoje, por Paola Moura

Legado do Pan-Americano de 2007 para a cidade do Rio de Janeiro e exemplo do que a cidade não quer que se repita nas Olimpíadas de 2016, a Vila do Pan terá 129 apartamentos leiloados hoje.
Os imóveis, que têm entre 60 e 100 metros quadrados e de um a quatro quartos, foram devolvidos pelos seus compradores.

Atualmente, 1.480 apartamentos, construídos em 17 prédios, menos de 50% estão habitados.
Quando foi lançado, em 2005, o condomínio fora considerado um recorde no mercado imobiliário nacional: na ocasião, 95% de seus 1.480 apartamentos foram vendidos em poucas horas.
No entanto, até hoje, a Agenco – responsável pela obras – e a Caixa Econômica Federal enfrentam uma série de processos de donos dos imóveis da Vila do Pan por problemas na finalização da obra.
O portal e um shopping center prometido na entrada do condomínio nunca foram construídos e parte do terreno chegou a afundar por se tratar de área arenosa, mas danificando apenas a área útil.
Cerca de 500 mutuários se negaram a receber as chaves e entraram na Justiça para tentar reaver a entrada já paga porque levaram um susto ao conhecer o saldo devedor na hora de ocupar seus imóveis.

Entre eles o ex-jogador Romário que adquiriu 11 apartamentos no empreendimento.
Os imóveis estão sendo leiloados com preços mínimos entre R$ 148 mil e R$ 486 mil.
Segundo o leiloeiro João Emília, os preços estão até 50% mais baratos que o mercado.
No entanto, numa rápida pesquisa nos sites de vendas de imóveis, há apartamentos com a mesma metragem, numa área próxima, Avenida Abelardo Bueno, onde está o Rio2, com preços inferiores ao do leilão.