quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

E viva a ausência da liberdade de expressão

Querido Papai Noel, estou a lhe escrever minha cartinha de natal pedido uma coisa diferente este ano. Fui um bom menino, fiz coisas boas e respeitei, na medida do possível os que estão em minha volta, para tanto me sinto na liberdade de pedir meu presente: retire a hipocresia dentre os políticos e os homens poderos do mundo!

O mundo se revolta contra os abusos da liberdade de expressão no país dos aiatolás, mas diante da prisão do líder do site WikiLeaks, Julian Assange, todos aceitam que houve um possível estupro, muita ingenuidade ou ignorância pura. Duas coisas merecem uma breve reflexão. A primeira delas é o comportamento histórico da CIA. A agência americana deve ter plantado tais acusações, por mais bizarra que a lei sueca possa ser, afinal de contas, o homem revelou muitas coisas. Segunda coisa, é preciso acabar com estes jogos de documentos secretos inúteis e apresentar uma diplomacia aberta e transparente, só para constar o Brasil ainda possui documentos secretos da Guerra do Paraguai. Isso é pensar diplomacia em nossos dias? Enquanto que os americanos levantam a bandeira da falsa democracia, usam o quase "secreto" para deflagrar um crime contra a liberdade de expressão.

Acesse a página da WikiLeaks clicando aqui.