sexta-feira, 4 de junho de 2010

"Drogba falava pelos cotovelos até encontrar Túlio Tanaka"

Túlio Tanaka. Brasileiro naturalizado japonês. Zagueiro do Nagoya Grampus. Já defendeu o Sanfrecce Hiroshima; Mito HollyHock; Urawa Red Diamonds. Filho de um pai nipo-brasileiro e uma mãe ítalo-brasileira, mudou-se para o Japão aos 15 anos. Nascera em Princesa D'Oeste. Profissionalmente tem 57 gols pró. Este na seleção japonesa nas Olimpíadas de 2004.


 

É o quarto brasileiro a atuar pela Seleção Japonesa


 

Ele é um craque. Vi apenas dois jogos do Japão, mas acredito que nunca vi nada semelhante. Foram três gols do Japão, mas o placar ficou Inglaterra 2x1 Japão. Tanaka fez dois contra. No amistoso contra Costa do Marfim, mas um gol contra e uma jogada que quase partiu Drogba em dois. Não foi maldade, ele apenas foi imprudente tão imprudente quando o técnico que o convocara, mas deve ser o melhor entre os possíveis. Que coisa! Agora estes amistosos são perigosos. Neste momento acho que a estratégia da Argentina e do Brasil são válidas, confrontar-se contra adversários que não possuam interesse direto na competição. Mas fico ainda com a crítica política do último amistoso de nossa seleção. É perigoso sim, veja a crise anunciada no México, que dos três amistosos venceu apenas um na fase européia. E por falar em crise, a vitória do México implica na desconfiança italiana. Já a Argentina da péssima eliminatória venceu o Canadá por cinco e dizem ser ela favorita ao tri. Quando mudança! O que vale? Arriscar-se ao um jogo ríspido ou fazer de conta que é um teste para jogo? Em vésperas prefiro a segunda opção.


 

Ferdinand, Drogba, Pirlo. Será que haverá outros nomes? Espero que não.