sexta-feira, 11 de junho de 2010

Começou a copa

Hoje começou a Copa. É muito estranho. Na rua, um ser desconhecido carregava duas bandeiras brasileiras na garupa de sua bicicleta e com um apito na boca espalhava seu sonoro ruído pelos cantos da rua. Enquanto este indivíduo poluíra sonora e visualmente o ambiente, cá estava eu numa sala de espera, acompanhando o fraco Uruguai e França. A copa aproxima as pessoas. Diversos desconhecidos que ali estavam naquela sala minúscula com uma TV sintonizando um canal aberto no auge de suas catorze polegadas. Com estes desconhecidos conversávamos sobre futebol como se nos conhecêssemos há muitos anos. Só uma copa para proporcionar ambas as coisas: um louco e muitos desconhecidos.