segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A felicidade


Para Epicuro a felicidade brota da ausência de dor no corpo e de qualquer perturbação na alma. Para se conquistar a felicidade é preciso unir três pontos importantes: liberdade, amizade e tempo para meditar. Ouvi meus alunos numa atividade sobre Epicuro. Perguntei livremente a eles o que era preciso para ser feliz: nenhum deles respondeu tempo para meditar. A vida é tão atribulada por este fator: não tiramos tempo para meditar. Não é só meditar, é preciso tempo para meditar. Nossos atos são atropelados por uma vida construída numa correria sem fim. O imediato torna-se prioritário sobre muitas coisas. Deve-se para pensar e refletir sobre tantas coisas que são feitas ao longo de um dia: coisas por ora estabanadas. Nós ocidentais temos muito que aprender com a sabedoria oriental: é preciso tempo para meditar. O QUE É SER FELIZ?
Você conhece o blog da Maiara? Veja: UM ASSUNTO MUITO RELEVANTE PARA PROFISSIONAIS DO DIREITO. Segue abaixo, meu primeiro discurso: Súmula Vinculante.