sexta-feira, 31 de julho de 2009

Liberdade e esclarecimento

Para o esclarecimento, porém mais se exige senão a liberdade. E a mais inofensiva entre tudo aquilo que se possa chamar liberdade, a saber: a de fazer uso público de sua razão em todas as questões. Ouço agora, porém, exclamar de todos os lados: não racionais! O oficial diz: não raciocineis, mas exercitai-vos! O sacerdote proclama: não racionais, mas crede. Eis aqui por toda a parte a limitação da liberdade. Que limitação, porém impede o esclarecimento? Qual não o impede, e até mesmo o favorece? Respondo: o uso público da razão deve ser sempre livre e só ele poder realizar o esclarecimento.

KANT, Immanuel. Beantwortung der frage: was ist auflärung? Petrópolis: Vozes, 1985 (p. 104).