sexta-feira, 5 de junho de 2009

Inverno II

Nas noites de frio me faltam palavras para escrever. Lembro daquilo que não queria lembrar: dos aniversários do ano passado, das estrelas, da lua e de bailarinos... como diria o mestre Mario Quintana: O tempo não pára! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo...