domingo, 15 de março de 2009

Caminhemos

Como fogo envolve a madeira. Como a chuva é acolhida pela terra.Como a água é sentida em uma boca sedenta.

Como o vento invade as folhas das árvores. Como o sol é absorvido pelo asfalto. Como a raiz se entranha no solo.

Como a flor solitária nasce no meio do mato. Assim , aquela, aquele apaixonados pela Vida caminham na contramão.


 

Texto de Lu Diniz.