sábado, 6 de setembro de 2008

Os dias

Guardo os dias na mémoria e vivo sem saber se
Um dia vou encontrar as peças
E vivenciar cada momento do quebra-cabeça, porque
Depois de tudo
Resto uma certeza de que
Isso não foi um jogo, mas foi a vida mostrando que
Amar é uma doce aventura de corações

Tão pouco preocupados com a moralidade
E com as regras de um mundo desumano

Apenas sei que os
Momentos serão eternos e que o
Ontem é hoje, mas não sei se será o amanhã!