quinta-feira, 24 de julho de 2008

Sátira a Kant

Se, em tudo o que você quer fazer, começar perguntando: "Tenho certeza de que desejo fazê-lo infinitas vezes?", isso se tornará o centro de gravidade mais sólido para você... Eis o ensinamento de minha doutrina: "Viva de forma a ter de desejar reviver — é o dever —, pois, em todo caso, você reviverá! Aquele para quem o esforço é a alegria suprema, que se esforce! Aquele que ama antes de tudo o repouso, que repouse! Aquele que ama antes de tudo se submeter, obedecer e seguir, que obedeça! Mas que saiba para o que dirige sua preferência, e não recue diante de nenhum meio! É a eternidade que está em jogo!" Essa doutrina é suave para aqueles que nela não têm fé. Ela não tem nem inferno nem ameaças. Aquele que não tem fé não sentirá em si senão uma vida fugidia.

NIETZSCHE, Vontade de Poder, Bianquis IV, 1.441-1.444.