sexta-feira, 27 de abril de 2007

Quanto tempo tenho...

Como o ser humano atualmente é pobre.

Sim, isso mesmo pobre.

Esquecemos de tantas coisas importantes: aniversário dos amigos, de dar uma ligação pedindo ao menos de tudo bem! Que coisa triste poder ter tanto, tantos meios tecnológicos para se comunicar e não conseguir nem dizer nada.

Pior do que não falar é ser ignorado, esquecido, trocado.

Este é o nosso mundo, como diria Renato Russo: “o que é demais, nunca é o bastante”, porém a maior falta de tempo é a falta de tempo para tentar compreender os outros e sentir aquilo que de fato somos... humanos


Sem mais por estar sem tempo!


www.albiofabian.xpg.com.br