sábado, 27 de janeiro de 2007

Procura-se uma mulher

Procura-se uma mulher que seja simplesmente uma mulher. Que leia poesias e ouça músicas. Que nos lábios mantenha a beleza da feminibilidade e no olhar o doce sabor da paixão. Procura-se uma mulher que saiba apenas amar...

Sentado na recepção da clínica enquanto esperava uma pessoa acompanhava atentamente a conversa de duas jovens senhoritas. Uma adolescente de catorze anos apaixonada por um rapaz com três vezes mais idade, a outra com dezoito que não parecia uma mulher. Vou falar da outra. Ele aconselhava (desencantava) o amor impossível da jovenzinha salientando os limites da densa idade masculina: a barriga, a calvície e a rabugice. “Quando você tiver no ápice do tesão, ele vai estar usando viagra (...) quando você nasceu ele já se masturbava”, resmungava ela em voz baixa. A cada auto que passava na estrada um comentário típico de maria gasolina: “que homem feio num carro bonito (...) só tem homem pobre andando de Gol Bola”. E continua sua saga conselheira: ele não vai te acompanhar nas baladas e sonha contigo usando um avental, eu não quero homem desse jeito, apenas quero um para cada noite. Descrevia suas aventuras eróticas no depósito de sua empresa, ensinando a mais jovem que o importante não é dar, mas sim, dar para alguém com mais dinheiro e prestigio, de preferência esperando algo em troca, uma promoção ou bons presentes e exibia o anel que ganhara por troca de sexo.

Ao sair da clinica o alívio da libertação de tal futilidade e volto a sonhar com um amor shakespeareano correspondido... procura-se uma mulher que seja apenas uma mulher.

www.albiofabian.xpg.com.br