sábado, 19 de novembro de 2005

Lágrimas da paixão...

Poucos entendem o que falamos, não possuem consciência dos seus atos, são vazios. Não sabem viver, sonhar, acreditar....

São pessoas que não se importam com o mundo, mas não sabem que o mundo precisa delas. Não se importam com o que fazem se está certo ou errado, são completamente ignorantes.

São interessados da vida, pensam que tudo é uma brincadeira, que tudo é para sempre, sem saber que o pra sempre, sempre acaba, não se incomodam com as diferenças, são sempre as mesmas, não buscam mudar, aceitam tudo como foi, são sem opinião.

Não buscam a verdade, preferem viver sonhos insignificantes.